Bem-vindo ao QESymposium, com foco no uso de evidências qualitativas para informar decisões na era dos ODS.

Todos os participantes registrados do simpósio (virtuais e presenciais) receberam suas credenciais de acesso. Se você é um participante registrado, verifique seu e-mail, incluindo a caixa de spam, e se precisar de ajuda, entre em contato.

Se você ainda não se cadastrou, faça-o agora aqui.

Você pode acessar a plataforma virtual QESymposium usando o seguinte link: Simpósio Virtual

A plataforma virtual do QESymposium inclui recursos e ferramentas para assistir e participar das sessões plenárias do webcast Simpósio e para acessar materiais complementares (entrevistas, podcasts, fotos e slides dos palestrantes das sessões selecionadas do Simpósio). Além disso, a plataforma permite que você interaja com outros participantes (incluindo os participantes virtualmente e pessoalmente), usando os recursos de bate-papo e mensagens.

Se você tiver alguma dúvida ou dificuldade em acessar ou usar a plataforma virtual, entre em contato em [Email protegido]

Evidência qualitativa e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

É necessária ação multissetorial para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU. Tal ação requer uma compreensão profunda e contextualizada das necessidades, pontos de vista e experiências de uma ampla gama de partes interessadas. Também requer uma compreensão profunda de como as políticas e os programas impactam em diferentes grupos e setores, e sobre equidade e inclusão social. A pesquisa qualitativa pode desempenhar um papel crítico no fornecimento desse tipo de evidência e na garantia da representação de diversas visões e vozes.

O Simpósio

No primeiro Simpósio sobre o uso de evidências qualitativas para fundamentar as decisões na era dos ODS, avançaremos as conversas e colaborações sobre maneiras inovadoras de usar evidências qualitativas para ampliar e humanizar os processos decisórios e de formulação de políticas para alcançar os ODS. Exploraremos também as ferramentas e métodos necessários para apoiar a tradução de evidências qualitativas em políticas e práticas. Além disso, examinaremos formas de fortalecer a capacidade nessa área, particularmente no Sul global. Além da participação presencial, também forneceremos opções de participação virtual por meio de um 'Simpósio virtual' vinculado.

Principais datas

Queremos incluir pessoas de tantas disciplinas, origens e países quanto possível, mas só podemos acomodar um número limitado de pessoas no Simpósio. Para garantir que a participação seja a mais ampla possível, primeiro ofereceremos participantes convidados de uma ampla variedade de disciplinas, origens e países para se registrarem. Em seguida, abriremos uma chamada para o registro de submissão de resumos para todos os interessados ​​nos temas do Simpósio. Os autores dos resumos aceitos serão convidados a se inscrever no Simpósio.

  • O Simpósio será realizado no 9-11 October 2019.
  • As atividades pré-simpósio serão realizadas no dia 10 de outubro
  • A chamada para sugerir temas para o Simpósio será aberta no 4 March 2019.
  • A expressão de interesse pelo comparecimento do Simpósio Virtual será aberta no 4 March 2019.
  • A chamada para resumos e workshops será aberta no 11 March 2019.
  • O prazo para envio de resumos e workshops foi estendido para 12 May 2019.
  • A notificação de resumo e a aceitação da oficina serão feitas na 30 June 2019.

Quem pode participar?

Nós convidamos:

  • Qualquer pessoa interessada em produzir evidência de pesquisa qualitativa ou usar essa evidência em processos de decisão. Isso inclui acadêmicos / acadêmicos, gerentes de programas e formuladores de políticas, comissários de pesquisa e membros de organizações da sociedade civil.
  • Pessoas de uma ampla gama de setores relevantes para os ODS, incluindo educação, meio ambiente, saúde, direitos humanos, desenvolvimento social, ciência e tecnologia e bem-estar

As inscrições para o Simpósio em Brasília serão abertas para pessoas que:

  • Enviou uma apresentação oral ou resumo de pôster que foi aceito para o Simpósio, ou
  • Submeteu um resumo de workshop que foi aceito

Estipêndios estará disponível para alguns participantes.

pós-pagos com KYC para o virtual simpósio, qual vontade levarlugar ao lado de o evento face-a-face, está agora aberto a todos os participantes interessados aqui. Junte-se a nós!

Por que participar?

Por meio do Simpósio, reuniremos pessoas em processos de decisão em todos os setores, bem como em todos os níveis, do local ao global. Ao participar, você poderá compartilhar com uma comunidade multissetorial suas experiências e idéias sobre o uso de evidências qualitativas para apoiar a tomada de decisões.

Compartilhar conhecimento e experiências, explorar abordagens inovadoras e aprender com diferentes setores e disciplinas através do diálogo será fundamental para este Simpósio. Abordagens como World Café e Tecnologia espacial aberta será usado para maximizar a participação, juntamente com sessões de keynote estratégicas focadas em novos métodos, aplicações e abordagens. Também ofereceremos oportunidades de treinamento antes e durante o encontro.

Quem somos

O Simpósio será realizado pela Fiocruz Brasília, Brasil. O Simpósio é organizado pela Fiocruz Brasília e pelo Centro de Escolhas de Saúde Informadas do Instituto Norueguês de Saúde Pública.

O apoio financeiro para o Simpósio foi fornecido por: Aliança para Pesquisa de Políticas e Sistemas de Saúde, Genebra, Suíça; e o Ministério da Saúde do Brasil / Fiocruz.

Os membros do Comitê Consultivo do Programa Científico incluem:

  • Airton Stein, Universidade Federal de Ciências da Saúde, Porto Alegre, Brasil
  • Biljana Macura, Instituto do Meio Ambiente de Estocolmo, Suécia e Colaboração para Evidências Ambientais (CEE)
  • Birte Snilstveit, Iniciativa Internacional para Avaliação de Impacto (3ie), Londres, Reino Unido
  • Cátia de Carvalho, Colaboração Campbell, Universidade do Porto, Portugal
  • Cecília Farinasso, Ministério da Saúde do Brasil
  • Claire Glenton, Centro de Escolhas de Saúde Informadas, Instituto Norueguês de Saúde Pública, Noruega; e Cochrane Norway
  • Daniel Maceira, Global de Sistemas de Saúde
  • Diego Gonzalez, BIREME (Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde).
  • Evelina Chapman, Fiocruz Brasília, Brasil
  • Fernanda Veronez, Instituto Federal de Educação do Espírito Santo, Brasil
  • Gilvania Melo, PAHO Brasil
  • John Lavis, McMaster Health Forum, Universidade McMaster, Canadá
  • Jorge Barreto, Fiocruz Brasília, Brasil
  • Kaelan Moat, McMaster Health Forum, Universidade McMaster, Canadá
  • Karla Soares-Weiser, Cochrane, Reino Unido
  • Kingsley Kwadwo Asare Pereko, Movimento de Saúde do Povo Gana (PHM) e Universidade de Cape Coast, Escola de Ciências Médicas (SMS), Gana
  • Laura Boeira, Instituto Veredas, Brasil
  • Luciana Leão, Ministério da Saúde do Brasil
  • Ludovic Reveiz, OPAS / EVIPNet Américas
  • Luiz Augusto Galvão, Centro de Estudos Estratégicos da Fiocruz (CEE)
  • Mariana dos Santos, Universidade de Campinas - UNICAMP, Brasil
  • Maritsa Bortoli, Instituto de Saúde de São Paulo, Brasil
  • Marta Pinto, Colaboração Campbell, Universidade do Porto, Portugal
  • Meghan Bohren, Centro de Equidade em Saúde, Escola de População e Saúde Global, Universidade de Melbourne, Austrália
  • Michael Rodriguez, Rede de Equidade em Saúde das Américas (HENA)
  • Neal Haddaway, Instituto do Meio Ambiente de Estocolmo, Suécia, Centro de África para Evidência, África do Sul e Colaboração para a Evidência Ambiental (CEE)
  • Rachel Riera, Instituto de Educação e Pesquisa do Hospital Sírio-Libanês (IEP-HSL), Brasil
  • Sharmila Sousa, Fiocruz Brasília, Brasil
  • Simon Lewin, Centro de Escolhas de Saúde Informadas, Instituto Norueguês de Saúde Pública, Noruega; Conselho Sul-Africano de Pesquisa Médica, África do Sul; e Prática Efetiva Cochrane e Organização de Cuidado (EPOC) Group
  • Sonia Venancio, Instituto de Saúde de São Paulo, Brasil
  • Tamara Lotfi, Global Synthesis Synthesis Initiative, Líbano
  • Ulysses Panisset, Universidade Federal de Minas Gerais, Brasil
  • Veronica Abdalla, BIREME (Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde), Brasil
  • Vinícius Oliveira, Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde (SUS), Brasil
  • Wilson José Alves Pedro, Universidade Federal de São Carlos - UFSCar. Associação Brasileira de Estudos Sociais das Ciências e Tecnologias - ESOCITE.BR

Mais informações sobre o Simpósio serão publicadas neste site.

Para entrar em contato com os organizadores do Simpósio, por favor enviar e-mail [Email protegido].